Praça do Coração de Jesus, s/n - Centro, Fortaleza - Ceará | Fone: (85) 3226.2854

Santuário Sagrado Coração de Jesus Fortaleza - Ceará

Frei Cantalamessa: proclamamos o nome de Nosso Senhor Jesus Cristo

sábado, 11 de março de 2017

Frei Raniero Cantalamessa, Pregador oficial da Casa Pontifícia, fez, na manhã desta sexta-feira, na Capela Redemptoris Mater, no Vaticano, a sua primeira pregação de Quaresma sobre o tema: “Ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo”, extraído da Carta de São Paulo aos Coríntios (1Cor 12,3).

O Santo Padre não esteve presente nesta primeira meditação porque participava dos Exercícios Espirituais de Quaresma, junto com a Cúria Romana, que se realizaram desde o último domingo (5/3) e se concluíram nesta sexta-feira (10/3), em Ariccia, nas imediações de Roma.

O Frei Cantalamessa, Capuchinho e pregador oficial da Casa Pontifícia, desde 1980, deu seu testemunho pessoal em sua pregação quaresmal de hoje falando sobre o Espírito Santo que nos introduz no conhecimento do mistério de Cristo.

Desta forma, o Padre Cantalamessa dá continuação à pregação sua de Advento, ou seja, sobre “o Espírito Santo permeia toda a vida da Igreja e seu anúncio”. Agora, nestas sextas-feiras de Quaresma, ele procura aprofundar o papel do Espírito Santo na Morte e Ressurreição de Cristo.

Neste sentido, o Pregador aborda os diversos aspectos do Espírito Santo em relação a Jesus: testemunho, conhecimento e pessoa de Cristo.

Ao longo dos séculos, continua-se a falar de Jesus como o Senhor: “Nosso Senhor Jesus Cristo” ou “Jesus é o nosso Senhor? São duas coisas diferentes. Uma coisa é dizer “Nosso Senhor Jesus Cristo está na glória de Deus Pai” e outra “Jesus Cristo é o nosso Senhor, a glória de Deus Pai”.

Hoje, não pronunciamos somente um Nome, mas fazemos a sua profissão de fé. Ao proclamarmos o nome de Jesus Cristo imergimos no conhecimento de Cristo ressuscitado e vivo. Aqui, Cantalamessa retomou as palavras do Papa Francisco na Evangelii gaudium:

“Convido todo cristão, em qualquer lugar ou situação que se encontrar, a renovar o seu encontro pessoal com Jesus Cristo ou, pelo menos, a tomar a decisão de deixar-se encontrar por Ele, a procurá-lo todos os dias, sem cessar! Este é um convite para todos os cristãos”.

Fonte: Rádio Vaticana