Praça do Coração de Jesus, s/n - Centro
contato@santuariosagradocoracaodejesus.com
(85) 3226.2854

“O amor é o bilhete de identidade do cristão”, diz Papa

Publicado por Agência Paróquia na Net em 24 de abril de 2016

Compartilhe este post no:

Na homilia, o Papa Francisco falou sobre  amor, liberdade e felicidade para os mais de 60 mil jovens presentes na Praça de São Pedro

Neste domingo, 24, mais de 60 mil adolescentes participaram da Missa presidida pelo Papa Francisco na Praça de São Pedro por ocasião do Ano Santo da Misericórdia. O Santo Padre falou-lhes de amor, liberdade e felicidade.

ANSA993787_Articolo

Durante a homilia, o Papa Francisco, partindo do Evangelho, deixou claro aos adolescentes que o amor é o bilhete de identidade cristão.

“Por outras palavras, o amor é o bilhete de identidade do cristão, é o único documento válido para sermos reconhecidos como discípulos de Jesus. Se este documento perde a validade e não se renova deixamos de ser testemunhas do Mestre.”

O Santo Padre convidou os adolescentes a serem discípulos de Jesus, verdadeiros amigos que se distinguem pelo amor concreto que brilha na sua vida. Um amor que é exigente e requer esforço.

Francisco afirma que o amor é generosidade e disse aos adolescentes para não se esquecerem de agradecer ao Senhor que “não Se esquece de nos oferecer cada dia um dom especial”.

“Porque o Senhor está sempre contigo e sente-Se contente por estar contigo para lançar redes e pôr a render os teus talentos” disse o Papa.

“Como fez com os seus jovens discípulos, fixa-te nos olhos e chama-te para O seguir, fazer-te ao largo e lançar as redes confiando na sua palavra, ou seja, a pôr a render os teus talentos na vida, juntamente com Ele, sem medo. Jesus espera pacientemente por ti, aguarda uma resposta, espera o teu sim.”

O Pontífice observa que o desejo de afeto e de ternura dos adolescentes vividos segundo a voz do Senhor permite “cuidar da outra pessoa, o que significa respeitá-la, protegê-la e esperar por ela.”

E para tal existe a liberdade que é o dom de escolher o bem. Segundo o Papa “é livre quem escolhe o bem, quem procura aquilo que agrada a Deus, ainda que custe. Mas só com opções corajosas e fortes é que se realizam os sonhos maiores, os sonhos pelos quais valem a pena gastar a vida.”

“A vossa felicidade não tem preço, nem se comercializa. Não é um aplicativo que se descarrega do celular, nem a versão mais atualizada vos poderá ajudar a tornar-vos livres e grandes no amor”, sublinhou ainda o Santo Padre.

Ao final da homilia, Francisco declarou que os adolescentes são capazes de gestos de grande amizade e bondade, capazes de construir o futuro como discípulos de Jesus.

Fonte: papa.cancaonova.com