Praça do Coração de Jesus, s/n - Centro, Fortaleza - Ceará | Fone: (85) 3226.2854

Santuário Sagrado Coração de Jesus Fortaleza - Ceará

Papa na catequese: os pais nos deram a vida, nunca insultá-los

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Catequese de hoje foi dedicada ao mandamento sobre honrar pai e mãe; Francisco destacou que os pais nunca devem ser insultados

Honrar pai e mãe. O quarto Mandamento foi o tema da catequese do Papa Francisco nesta quarta-feira, 19, dando continuidade ao ciclo de de reflexões sobre o Decálogo.

Francisco partiu do significado de “honra”, explicando que a palavra hebraica indica a glória, o valor, a consistência de uma realidade. “Honrar pai e mãe quer dizer, portanto, reconhecer a sua importância também com atos concretos, que exprimem dedicação, afeto e cuidado. Mas não se trata somente disso”, explicou o Santo Padre. Ele destacou que este mandamento contém um êxito: honrar os pais leva a uma vida longa e feliz.

O quarto mandamento não fala da bondade dos pais, nem requer que os pais e mães sejam perfeitos, acrescentou o Papa. Fala de um ato dos filhos, independentemente dos méritos dos pais, e fala de algo extraordinário e libertador: uma vida plena e feliz depende do reconhecimento para com quem nos colocou no mundo, mesmo que nem todos os pais sejam bons e nem todas as infâncias sejam serenas.

“Pensemos em quanto esta Palavra pode ser construtiva para tantos jovens que vêm de histórias de dor e para todos aqueles que sofreram na juventude. Muitos santos – e muitos cristãos – depois de uma infância dolorosa viveram uma vida luminosa, porque, graças a Jesus Cristo, se reconciliaram com a vida”.

Este mandamento, segundo o Santo Padre, dá a orientação que conduz a Cristo: Nele se manifesta o verdadeiro Pai, que oferece “renascer do alto”, que prepara a uma vida de filhos seus. As feridas, acrescentou Francisco, começam a ser potencialidades quando, por graça, descobre-se que o verdadeiro enigma não é “por que”, mas “por quem” aconteceu algo na vida. “Em vista de qual obra Deus me forjou através da minha história? Aqui tudo se inverte, tudo se torna precioso, tudo se torna construtivo. (…) Então podemos começar a honrar nossos pais com a liberdade de filhos adultos e com misericordiosa acolhida de seus limites”.

O Papa conclui a catequese lembrando que os pais devem ser honrados, foram eles que deram vida aos filhos. “Se você se afastou dos seus pais, faça um esforço e volte, volte para eles; talvez sejam idosos…Deram a vida a você. E depois, entre nós existe este costume de dizer coisas feias, também palavrões. Por favor, nunca, nunca, nunca insultar os pais dos outros. Nunca! Nunca se insulta a mãe, nunca insultar o pai. Nunca! Nunca! Tomem vocês mesmos esta decisão interior: de hoje em diante nunca insultarei a mãe ou o pai de quem quer que seja. Nos deram a vida! Não devem ser insultados”.

 

Fonte: noticias.cancaonova.com