Praça do Coração de Jesus, s/n - Centro
contato@santuariosagradocoracaodejesus.com
(85) 3226.2854

Sacerdote franciscano é assassinado na Venezuela

Publicado por Agência Paróquia na Net em 21 de julho de 2015

Compartilhe este post no:

franciscano-morto-venezuela

América Latina é o continente mais perigoso para sacerdotes – AP

A violência contra os sacerdotes parece não ter fim. No final da tarde de segunda-feira (20/7) foi encontrado na cidade venezuelana de Bolívar o corpo do franciscano Alex Pinto, desaparecido misteriosamente na última quarta-feira. Dois confrades do sacerdote, acompanhados pela polícia, encontraram o corpo do religioso queimado no Km 19 da estrada que liga as cidades de Bolívar e Puerto Ordaz. Os temores pela sorte do sacerdote aumentaram na última sexta-feira, após seu carro ter sido encontrado queimado.

Padre Pinto desenvolvia numerosas atividades pastorais na Igreja de São Francisco de Assis e na Paróquia “Vista Hermosa” da cidade de Bolívar. Segundo as primeiras investigações, o sacerdote teria sido morto com um tiro à queima-roupa na cabeça.

Aumento da violência contra sacerdotes

Somente entre 14 e 20 de julho foram mortos três sacerdotes: um na Colômbia, um na Espanha e agora o terceiro na Venezuela. Até a data de hoje, os agentes pastorais assassinados em 2015 são 11: 4 na América, 3 na Europa, 3 na África e 1 na Ásia. Os sacerdotes mortos desde o início do ano são 9. A estes se juntam uma religiosa morta na África do Sul e um agente da Caritas na Síria.

América Latina continente mais perigoso

O continente americano, em particular a América Latina, se confirma como uma das regiões mais perigosas para os religiosos. Os sacerdotes assassinados nos países latino-americanos em 2015 já são 4: 2 na Colômbia, um no México e um na Venezuela.

 

Fonte: Rádio Vaticano